Megaman 9

Quando li que a Capcom iria continuar a saga da série principal de um dos seus mais carismáticos personagens, vibrei de alegria. Quando soube que era pra download e não ia ter vendas físicas, meu hype fez um “pffffffffffffffffffff” e murchou violentamente. Depois ainda fiquei sabendo que o jogo ia se utilizar de gráficos E jogabilidade da época que o jogo era produzido para o saudoso (mas extremamente ultrapassado) NES 8 Bits eu simplesmente taxei-o como caça-níquel barato (tendo em vista que a série não goza mais a popularidade de 15 anos atrás – puta merda, estou ficando velho, eu jogava os MegaMan da série principal e X no lançamento, cruzes), afinal, se um jogo pra download geralmente é renegado para os times menos prestigiados das softhouses, imagine um jogo downloadeável E que usa de uma engine que até celulares pré-pagos de 50 reais rodam de boa. Minhas expectativas morriam e explodiam como o robôzinho azul depois de levar uma cossa de um daqueles chefes bem feladaputa característicos da série.

Como eu estava enganado.

O jogo é SENSACIONAL. Se Jesus descesse a terra, parasse na sua casa prum lanche e, enquanto fala com a boca cheia de sanduíche de peito de perú e coca-cola, pedisse um joguim divertido e viciante pra celebrar a sua vinda, esse jogo seria MegaMan 9. MegaMan 9 se tivesse sido lançado a 15 anos seria um jogo excepcional que tiraria altas notas em todo tipo de publicação e faria a cabeça de todo e qualquer gamer em busca de um jogo divertido e desafiante. Mas, como MegaMan 9 foi lançado agora, se torna algo ainda melhor – explico.

Os dias de hoje, repletos de jogos casuais que parecem feitos para re-ativar células cerebrais de tias gordas e jogos hardcore que não honram o “hard” de sua designação, praticamente deixou orfãos aqueles que passavam sábados inteiro dentro do quarto, de janelas fechadas, só tentando matar o último chefe de Contra Hard Cops ou desvendar todos os segredos de um Super Mario bros. 3. Creio que, nessa geração, jogos que realmente impõe algum desafio aos gamers são um ou outro RPG tático que saem princpipalmente nos portáteis, Contra 4 e Ninja Gaiden 2 (que, vale notar, são revivals), um ou outro FPS com a dificuldade ligada no “hard” (porém, se há algo difícil de se fazer é um FPS que consiga ser difícil E bom – Halo, Crysis, Half-Life e Call of Duty são as exceções que confirmam a regra) e acho que pára por aí.

Hoje a moda casual é o que rege o mercado e os produtores de jogos como Gears of War e Star Wars: The Force Unleashed sabe que muitos de seus clientes potenciais são jogadfores que, mesmo com um gosto que parece hardcore, são em excência extremamente casuais e não muito interessados em controles complicados, dificuldade extrema e qualquer coisa que pode afastar um público menos específico. Daí a grande sacada da Capcom: fazer um game low-budget total, para poder honrar o legado da dificuldade extrema (mas muitíssimo bem-bolada) característica de MegaMan.

Como disse acima, a dificuldade é extrema, mas mutíssimo inteligente: o jogador vai morrer, e muito, mas em nenhum momento tem-se a sensação de que é um jogo apelão e filho-da-mãe de forma gratuíta, que enche de inimigos cheios de armas que soltam 30 tiros por segundo e você tem de matar todos com uma faca. Os inimigos de MegaMan 9 vão sim te estraçalhar até dizer chega, mas não por programação preguiçosa, e sim porque eles tem, como razão de existir, destruir você, então, meu amigo, a sua obrigação é superá-los usando única e exclusivamente de seu talento com as armas do nosso amigo azulzinho – em outras palavras, se você treinar e estudar o comportamento dos levels e seus inimigos, poderá fechar o game, ao contrário de joguetes como Contra hard Cops ou Battletoads em que muitas vezes o jogador consegue avançar por pura sorte ao invés de habilidade.

Resumindo, vale cada centavo o download. A princípio o jogador mais acostumados com shaders e texturas hi-def pode estranhar gastar 12 dólares num jogo que parece ter 20 anos de idade (em especial quando a mesma Capcom relançou outro clássico, Bionic Commando, com gráficos todos refeitos em 2.5D de cair o queixo), mas basta 15 minutos de jogatina pra ver que estamos diante não só de um ótimo game, mas também um dos melhores sidescrollers já feitos. A única coisa que entristece em relação a MegaMan 9 é que não será tão cedo que sairá algo parecido e tão excitante quanto o mais novo clássico da Capcom.

por Diogenes L. Cesar

Anúncios

6 Respostas para “Megaman 9

  1. você gastou 12 dólares? hehe.

  2. Diogenes Cesar

    Gastei, e valeu cada centavo!

    Melhor jogo do mês, fácil, fácil.

  3. Prefiro “turma da mônica no castelo do dragão”!
    AEEE
    hahah

  4. Diogenes Cesar

    Você sabia que “Mônica e o Castelo do Dragão” era um jogo que não tinha NADA a ver com “Mônica” e cia e que um hacker da Tec Toy simplesmente removeu os sprites do personagem e inseriu a mônica no lugar, além de traduzir alduns diálogos? Ele fez isso em váááários jogos, desde os da Mônica, indo até Geraldinho e passando pelas aventuras do Sapo Chulé.

    Ele trabalha até hoje na Tec Toy, programando jogos de celular. Um amigo meu conhece ele e falou que ele tem uns 200 quilos.

  5. Peraê, joquete como Battletoads, não!
    Seu herege.

  6. Diogenes Cesar

    O Battletoads, na minha opnião, é um jogo bom mas que tem muitos defeitos que fodem ele. Se não tivesse defeitos tão primários e pornográficos, creio que seria o melhor Beat’em Up da história, até hoje. Mas:
    – Era difícil nos combates, mas ok. Mas porque caralhos tinha de ser tão dificil nas partes com as motos?
    – Porque jogar em 2 jogadores era mais difícil do que jogar single player?
    – Porque quando você jogava de 2 jogadores o jogo simplesmente travava na sexta fase?

    Mega Man, Double Dragon e Bionic Commando não tinham defeitos tão graves.

    Mas o remake de Battletoads pra Mega Drive conserta tudo isso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s